Você quer mesmo essa boneca?

abril 23 2015

Título: Annabelle

Diretor: John R. Leonetti

Gênero: Terror

Nota para o filme: Mano, todo mundo tem que ver!! –nota de 8 à 9


Quando saiu Annabelle nos cinemas eu fiquei super afim de ver, até porque Invocação do Mal era meu filme de terror favorito na época. Mas uns amigos meus viram antes e falaram que foi muito ruim, outros falaram que foi muito bom. Fui enrolando, enrolando e não assisti. Mas confesso que eu fiquei meio com medo porque eu já levava susto no trailer imagine o susto que levaria vendo filme. Sou daquele tipo que adora ver filmes de terror com os amigos, mas morre de medo e sempre faz algumas piadas para descontrair e minimizar aquele ambiente de “to me cagando de medo”. Meu deu uma vontade maluca de assistir Annabelle, logo hoje, na sexta-feira santa. (Me desculpem estar postando hoje, o dia de filme é domingo, mas gosto de escrever assim que eu assisto) Chamei minhas amigas, Lara e Thais, para sofrer quer dizer, ver comigo. Elas disseram que iam vir, assisti alguns romances até elas chegarem e começamos a ver. A Lara já havia assistido, então ela ia falando algumas partes pra diminuir o susto, mas não deu certo.

Como todos já devem saber, o filme conta a história da boneca (do capeta) que é possuída por um demônio. Mia e John, casal amigável que esperavam o primeiro filho. Mia estava a procura de uma boneca a muitos anos, quando seu amado marido encontra essa boneca e lhe dá de presente. O casal é atacado por outro casal, a outra mulher pega as bonecas de Mia e diz gostar,  a mulher morre com a boneca nas mãos. O casal tem o bebe, é uma menina, Leah, eles mudam para um apartamento, estava tudo perfeito, mas a mãe começa a ter uma sensação estranha, acha que tem alguma cosia errada, pois a boneca que John havia jogado fora, de alguma forma havia voltado. O casal volta a ser atacado, mas desta vez por formas sobrenaturais.

“O filme tem um roteiro fraco” Lincoln disse, eu até acho que ele tem razão, mas eu acho que eles não se importaram muito com isso até porque todo mundo já conhecia a boneca, não? Não sei, mas o que não teve de história teve de susto. PELO AMOR DE SENHOR JESUS CRISTO DO PAI DO SENHOR, nunca gritei tanto. Eu e as meninas estávamos segurando as mãos umas das outras. Minha mãe chama a Annabelle de Beliti, não tem nem como sobreviver a uma coisa dessas (risos).

Sempre quando rola esses filmes de terror, tem aquela coisa de “Nossa, eu ajudava ela” “Eu iria acreditar se ela me falasse isso”, eu simplesmente virei pra elas “Eu acredito, mas deixava ela ai e ia me embora”, elas começaram a rir, mas gente, eu acredito se você me fala que tem um fantasma na sua casa, mas eu virar pra ti e falar:

-Poxa vida, que droga! Tchau!

Sou muito medrosa, muito mesmo. Bom, eu curti o filme porque deu medo, eu tenho medo, mas gosto, me julguem que nem minha avó. Só que eu estou esperando a parte com as enfermeiras. E vocês já assistiram?  Gostaram?



-Belle